Um serviço que permite às empresas, efectuar
vários pagamentos de uma vez de forma
automatizada e célere, por meio do envio
de ficheiros, mediante autorização de débito.



/media/1826/icones_grd-60.svg
Contabilidade
Escolha do formato de processamento adequado à contabilidade da sua empresa
/media/1859/icones_grd-95.svg
Relatórios
Relatórios integrados de resposta em rempo real e carregamento de ficheiro por IB sem necessidade de deslocamento ao balcão
/media/1799/icones_grd-30.svg
Acompanhamento
Acompanhamento remoto dos movimentos da conta pelo BAI Directo ou por extrato


Alguma dúvida?
Seja abaixo as perguntas mais frequentes em relação
ao serviço de pagamento em massa. 
O Serviço de Pagamento em Massa permite que as empresas clients do Banco efectuem vários pagamentos de uma só vez, de forma automatizada e célere, por meio de envoi de ficheiros, mediante autorização de débito ()DCD.
Nota: Neste serviço estão inclusos os pagamentos de salário e a fornecedores.
  • Não são definidos limites máximos para o pagamento independentemente do format ou canal;
  • Os beneficiários não precisam de ter conta domiciliada no BAI;
  • Relatórios integrados de resposta em tempo real;
  • Carregamento de ficheiros por IB (formatos PS2 e PSX), sem necessidade de deslocações ao Balcão;
  • Acompanhamento remote dos movimentos da conta pelo Internet Banking (IB) ou por extracto;
  • Escolha do format de processamento adequado à contabilidade da empresa.
O público-alvo deste serviço são os Clientes Empresa.
A moeda de pagamento é o Kwanza (Kz).
  • Não são definidos limites. O Banco processa os ficheiros solicitados pelo cliente, salvo os limites e procedimentos em vigor no Banco aplicáveis às operações executadas vis STC e SPTR;
  • Não são definidos limites para o número de beneficiários.
Nota: Não são permitidos descobertos. A conta ordenante deve estar aprovisionada para o débito e caso a conta não esteja aprivisionada, o Banco envia um ficheiro de resposta dos pagamentos pendentes. A conta ordenante deve ter a mesma moeda da conta de destino.
  
Tipo de Ficheiro Canal de Recepção Canal de Recepção
PSX Inter e Intrabancária DEI, DBR, IB e EMIS
PS2 Intrabancária (conta a conta) DEI, DBR, IB (Internet Banking)
EXCEL
Inter e Intrabancária
Nota: O Balcão deve converter o ficheiro em PS2 ou PSX
DEI e DBR
a) Processamento Interbancário:
  • Os ficheiros entregues pelo cliente em format Excel são convertidos pelo Balcão em PS2 ou PSX, para carregamento na Plataforma de Processamento de Ficheiros (PPF);
  • As operações em moeda estrangeira devem ser enviadas ao Banco em ficheiros separados.
b) Forma de Processamento: Será a contratada pelo cliente, podendo reflector no extracto Bancário e no Sistema os seguintes movimentos:
  • Um (1) débito e vários créditos;
  • Vários débitos e vários créditos.
Nota: Caso exista erros nos ficheiros, constrangimentos nas contas dos beneficiários e/ou falta de provisos, poderá haver diferenças entre a ordem dada pelo cliente da processada pelo Banco (sem diferença no que efectivamente for debitado e creditado). Estas ocorrências estão sujeitas a aceitação contractual do cliente.
As comissões estão sujeitas ao preçário em vigor e em cada momento e tornado público pelo Banco. O Banco poderá modificar o seu preçário, bastando para tal publicá-lo com novas condições nos seus Balcões. As novas condições serão objecto de aplicação imediata. No caso de a Empresa não aceitar as novas condições, poderá solicitor por escrito a resolução do Contracto.
Agências, Dependências, Centros de Atendimento Empresas e BAI Directo.

Nota:
a) Pelo BAI Directo (Internet Banking) o cliente, após aderir ao serviço, pode criar, enviar e consultar ficheiros PS2 w PSX para o processamento de transferências em massa na aplicação PPF;
b) Chaves de acesso ao canal Internet Banking substituem o pedido formal ao Banco.

  • Ser cliente BAI;
  • Ter os ficheiros com a formatação requerida pelo Banco (Excel, PS2 ou PSX);
  • Aderir ao serviço BAI Directo (para Clientes que queiram criar, enviar e consultar ficheiros PS2 e PSX para o processamento de transferências em massa na aplicação PPF).
Carta de solicitação em que mencione:
  • Conta e valor total a debitar;
  • Beneficiários;
  • Contas e valor a creditor em cada conta dos Beneficiários.
  • O nome a conceber o ficheiro deve obedecer ao seguinte format:
    • EEEEEEEEEEAAAAMMDDS:
      • EEEEEEEEEE - Código da empresa definido pelo Cliente no contrato,a inserir na Banka;
      • AAAA - Ano;
      • MM - Mês
      • DD - Dia;
      • S - Sequência de ficheiros enviados, no dia, pelo cliente.
  • Os ficheiros podem ser enviados aos Gestores por correio electrónico, Pen-Drive, via EMIS ou carregados pelo Cliente no Internet Banking;
  • Os ficheiros enviados pelos clients devem ter os seguintes campos:
 
 

Operações Intrabancárias

Operações Interbancárias

 


PS2

Excel (para converter em PS2) ou PSX

Excel (para converter em PSX) ou PSX



1. 2. Referência

3. 4. NIB de Destino

5. 6. Tipo de Operação Situação da conta

7. NIB

    Importância (Valor)

    Referência do extracto





1.  Referência

2.   NIB de Destino

3.   Importância (Valor)

1. 2. Nº de Ordem

3. 4. Nº de conta do beneficiário

       NIB

5. Nome do Banco do beneficiário

    BIC Code do banco do beneficiário

6. Cidade

7. País

8. Importância (Valor)

9. Valor



Os ficheiros podem ser entregues em:
  • Pen Drives;
  • CD-RW.

A Empresa deverá confirmar o envio da Instrução por escrito, por meio de carta, com os seguintes elementos essenciais: Conta, total a movimentar, beneficiários, montantes a creditar nas respectivas contas, entre outros dados que venham a ser necessários para sucesso da operação. A carta deverá ser acompanhada do requerido suporte magnético, com as especificações, conforme o tipo de processamento pretendido, subscrita com as assinaturas autorizadas, conforme consta no sistema do Banco.

Nota: Caso o meio de transmissão das Instruções seja o BAI Directo, as chaves de acesso ao canal Internet Banking substituem o pedido formal ao Banco.



Mantenha os seus 
pagamentos em ordem
Com o serviço de pagamentos em massa BAI, poderá planear, gerir e realizar os seus pagamentos de acordo com as necessidades da sua empresa.