A taxa de inflação homóloga registou durante o mês de Março, um ligeiro abrandamento de 2 p.p, situando-se nos 36,52%, o que compara com os 38,32% atingidos em Fevereiro. De igual modo, a taxa de inflação mensal de Luanda manteve, durante este período, a tendência de queda para estabelecer-se nos 1,91%, o que traduz uma desaceleração de 0,4 p.p., face ao mês de Fevereiro (2,30%). De acordo com os dados do INE, a classe “Alimentação e Bebidas não Alcoólicas” continua sendo a que mais contribuiu para o aumento do nível geral de preços mensais, com um peso de 46,16%, seguida das classes “Vestuário e Calçado” (11,87%) e “Bens e Serviços Diversos” (10,91%).

Publicado a 13/04/2017

Fonte: INE