Perguntas frequentes

  • O que é o Crédito ao PAC EXPRESS?

    É um crédito com o objectivo de potencializar os pequenos camponeses, agricultores e prestadores de serviços em áreas conexas, cobrindo as necessidades de toda a cadeia de produção, garantindo assim a produção e comercialização satisfatória dos seus produtos.

  • Qual o público-alvo deste crédito?

    Pessoas singulares, sociedades unipessoais e por quotas, cooperativas e empresas.

  • Qual a moeda utilizada?

    A moeda utilizada é o Kwanza (Kz).

  • Qual o montante a financiar?

    O montante a financiar é de até 50 000 000 Kz (Cinquenta Milhões de Kwanzas), em função da avaliação do perfil de risco do cliente, por operação.

  • Qual o montante da linha de crédito?

    Numa 1º fase: 2 500 000 000 Kz (Dois Mil Milhões e Quinhentos Mil Kwanzas) e numa 2º fase: 2 500 000 000 Kz (Dois Mil Milhões e Quinhentos Mil Kwanzas), somente activada após o esgotamento e a avaliação da execução da 1ª fase.

  • Qual o prazo e forma de reembolso do crédito?

    O prazo é casuístico, em função do sector de actividade ou cadeia de produção.

  • Qual a taxa de juro?

    R: A taxa de juro é de 7,5% ao ano.

  • Existe algum custo associado?

    Não, o custo é de 7,5% ao ano, incluindo as comissões e despesas.

  • Qual o prazo de análise e decisão do Crédito?

    Até 15 (Quinze) dias úteis.

  • Quais são as vantagens ao aderir ao Crédito PAC EXPRESS?

    • Facilidade na aquisição de equipamentos, máquinas, insumos, fertilizantes e entre outras necessidades agrícolas;
    • Rapidez no processo de aprovação do crédito.
  • Quais são as condições de acesso para adesão ao produto?

    • Ser Cliente do Banco há pelo menos 6 (seis) meses;
    • Não ter quaisquer incumprimentos na CIRC nos últimos 3 anos (promotores, empresa e fiadores).
  • Que documentos são necessários apresentar para adesão?

    • Geral
      • Carta de solicitação do financiamento;
      • Título de concessão de terra;
      • Cópia do Bilhete de Identidade válido do (a) candidato (a) e cônjuge;
      • Curriculum Vitae actualizados dos gestores e da equipa técnica (aplicável às empresas/cooperativas);
      • Licenças, alvarás ou outras aprovações obrigatórias para o exercício da actividade actualizado (aplicável às empresas/cooperativas em funcionamento);
      • Plano de negócio (planilha fornecida pelo banco para preenchimento de pressupostos pelo cliente, aplicável as empresas/ cooperativas em funcionamento).
    • Pessoas Singulares
      • Certidão negativa de impostos (se aplicável);
      • Certificado de registo agrícola emitido pelo Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA).
    • Cooperativas
      • Escritura pública de constituição publicada em Diário da República;
      • Cópia do Bilhete de Identidade válido dos directores da cooperativa e cônjuges;
      • Estatuto da cooperativa.
  • Que garantias são necessárias apresentar para adesão?

    • Promessa de hipoteca, com procuração irrevogável da área de cultivo;
    • Penhor de bens ou stock de mercadoria devidamente segurado;
    • Reserva de propriedade do meio rolante.
    • Co-participação de 10% do cliente, em liquidez aplicada comprovadamente ao projecto no caso de pessoas singulares, sociedade unipessoal e por quotas.