Responsabilidade Social

As acções de Responsabilidade Social são cuidadosamente planeadas e operacionalizadas pela Fundação BAI, a organização do Grupo BAI sem fins lucrativos.

Em 2015, a Fundação BAI continuou a apoiar vários projectos e iniciativas ao nível do sector social, da cultura, saúde e bem-estar, educação e desporto.

Social

O BAI, sensível e atento aos problemas e carências das pessoas, concede um apoio recorrente nos domínios alimentar, escolar e de transporte para os residentes de um centro de acolhimento e orfanato feminino de Viana, denominado Horizonte Azul.

Durante o ano de 2015, apoiámos com géneros alimentícios, a AACA – Associação Angolana das Crianças Abandonadas.

Na quadra natalícia, apadrinhamos o “Projecto Natal Feliz” para os pacientes infantis do Hospital Josina Machel (Maria Pia), bem como o “Projecto Infantil do Quicabo”.

Saúde

Neste vector, o BAI, através da Fundação BAI, apoiou a criação de condições para a construção do Bloco Operatório do Serviço de Urgência do Hospital Pediátrico David Bernardino.

Com orgulho, podemos afirmar que estão igualmente criadas as condições de apoio e instaladas as parcerias com os Institutos de Luta contra VIH/SIDA e com o Centro Nacional de Oncologia.

Estas parcerias cingem-se ao âmbito da prevenção e do controlo da propagação de endemias e no combate ao estigmatismo no seio das populações, através da promoção e divulgação de informação às populações.

Educação

Ao longo dos últimos anos, temos auxiliado o projecto TISA (Tecnologias de Informação na Sala de Aulas), criando oportunidades de acesso concretas às novas tecnologias de informação e multimédia, nas seguintes escolas:

  • 1º Ciclo do ensino secundário, ex. 3002 (actual 1100), em Luanda desde o ano 2009;
  • Na escola primária nº 60, no Lubango (Huíla) desde 2011;
  • E na escola primária Deolinda Rodrigues, no Huambo, desde 2015.

O objectivo desta causa é promover a inclusão digital a partir do ensino público, desde cedo.

Num contexto actual em que o uso de meios de ensino multimédia está no centro das novas competências pedagógicas, o projecto Fundação BAI/TISA tem proporcionado à comunidade escolar pública, paulatinamente, a possibilidade de utilizar o computador como um meio de ensino e aprendizagem.

Estamos orgulhosos da nossa participação na formação de aproximadamente 190 professores e 6.000 alunos neste programa de inclusão digital, promovido pelo BAI.

Cultura

Nesta vertente, durante 2015, apoiámos algumas iniciativas culturais, dentre as quais, destacamos o FENACULT. Acompanhámos a actividade da Companhia de Dança Contemporânea de Angola, a presença de Angola na Bienal de Veneza/Itália, os concertos musicais do Show do Mês e contribuímos para a solidificação da Orquestra Sinfónica Juvenil da Funda.

Desporto

No domínio desportivo, temos desenvolvido esforços plurianuais para apoiar o acompanhamento das classes juvenis de Basquetebol do Sporting de Benguela e do Hóquei de Viana, com resultados visíveis ao nível de atletas formados.

Em 2015, foi ainda possível auxiliar o Comité Paralímpico Angolano, assim como um apoio transversal e recorrente para a Atleta Olímpica de Judo “FAIA”.

Marca e Reconhecimento

O nosso esforço tem sido notado: em 2015 foi-nos atribuído o Prémio Sirius 2015 para o Melhor Relatório e Contas do Sector Financeiro em 2015.